Cottas Club Jazz Band


Os Cottas Club Jazz Band são um grupo de Jazz Dixieland oriundos do Oeste de Portugal, constituído por 7 músicos polivalentes e adequando-se a momentos onde música, glamour e boa disposição andam de mãos dadas. A banda oferece um reportório jazzístico dos anos 20 e 30, mas reinterpretado com o estilo que Louis Armstrong & All Stars impuseram nos anos 50. Precisamente o nome “COTTAS CLUB” pretende relembrar o novo jazz que se fazia ouvir no famoso bar de New York COTTON CLUB. Orientados ao Jazz Tradicional e à música Dixie, aquela que possui o original e genuíno estilo de New Orleans – cidade berço do Jazz – no seu vasto repertorio contam com blues, ragtime, marchas, swings, foxtrots de grandes clássicos como “It don’t Mean a thing”, “Charleston”, “Mack the knife”, “I’ve Found a New Baby”, entre outros. Este conceito, reflete-se também no instrumental da banda: trompete, trombone, clarinete, saxofone, banjo, sousafone e washboard.

Tiveram a sua primeira atuação em maio de 2003. Desde então têm vindo a atuar e animar as variadas plateias, difundindo e dando destaque ao Jazz Dixie, no seu grande esplendor de boa disposição e de alguma irreverência. A sua vertente musical, alegre, descontraída e solta, baseada no Jazz Dixie Tradicional (New Orleans Style) é adaptável à grande maioria dos ambientes, tais como: casamentos, jantares ou noites culturais. É indicado ainda para a animação em diversos ambientes: Festivais de Jazz, festas privadas, animações de rua, eventos empresariais, bares ou grandes salas de espetáculo. O grupo já lançou três álbuns e conta já com diversas internacionalizações, sobretudo participações em festivais internacionais de Dixieland, destacando-se: em 2007 e 2008, participação no 14º e 15º “Festival Internacional Dixieland de Tarragona (Espanha)”; em 2009 e 2018, participação no “Festival Internacional de Dixieland de Dresden” (Alemanha); entre 2010 e 2014, participação anual nas comemorações de aniversário dos Emirados Árabes Unidos, no Dubai; em 2010, participação no 6º “Festival de Jazz de Vigo” (Espanha) e no “Sziget Festival” em Budapest (Hungria).